16 janeiro, 2012

Frio

As pessoas queixam-se do frio. Redobram a roupa e dizem que está frio. Aqui, ali, em todo o lado. Cá dentro e lá fora. Está um frio de rachar.
Eu também o sinto, mas não me incomoda assim tanto. 
De manhã, no caminho para o trabalho, vou com as mãos de fora para ficar com elas geladas. Depois, ponho-as nos bolsos do casaco para sentir esse conforto. Olho para o céu azul e sinto o vento gélido a bater-me na cara. Mantém-me acordada. Faz-me despertar.
Ao sentir o frio que está lá fora, não sinto tanto o frio que vem de dentro.
Pelo menos, assim, sei que ainda sinto alguma coisa...



Sem comentários:

Enviar um comentário