06 janeiro, 2012

Friday in Lisbon

Hoje é 6ª feira. Outra vez...
Finalmente, chegou o dia mais ansiado da semana. Hoje a porta abre-se. Podemos ir beber uns copos, esquecer as responsabilidades e problemas, estar com amigos e conhecidos. Rir e dizer disparates e culpar o alcool, porque nos desinibe. Ver as luzes nocturnas e fugir à rotina que nos limita e atrofia. 
E, porque amanhã a obrigação dos dias não nos chama, podemos ficar enroscados no conforto dos lençóis até mais tarde. Acordar, olhar para o relógio, dar meia volta ao esqueleto e voltar a cair em sono profundo. 
Depois, acordamos definitivamente, espreguiçamo-nos demoradamente e respiramos profundamente... 
Ainda antes de sair da cama, espreitamos o telemóvel para nos actualizarmos. Conversas. Meteorologia. Visitas. Nada de novo.
Pequeno-almoço. Tarefas domésticas. Banho. 

E a partir daqui, não vou dizer mais. Pois espero sinceramente que este fim de semana me surpreenda. Que não seja igual a tantos outros em que chego ao fim do dia de Domingo sem saber muito bem para onde foi o tempo que perdi. Quando  a porta se fecha... e nada fica... nada importante o suficiente para ser relembrado. 
Quero ter coisas que me espantem e sorrir por isso. E, já agora e se não for pedir muito, dá para começar com os números do euromilhões a coincidirem com os que preenchi no boletim?... :)



1 comentário: