12 abril, 2011

Esplanadas e perninhas esticadas...

Parece que já começaram as férias da Páscoa. Os miúdos passam a vida de férias. Já nem sei o que isso é. Ele é Natal, Carnaval, Páscoa, Verão, fins-de-semana prolongados e mais situações que ainda se lembram de inventar. Sempre de férias todos os anos em todas as épocas do ano, ao contrário dos que já por aí passaram e os olham com uma inveja saudável.
Há os que, como eu, têm que preencher uma escala com um sem número de dias de antecedência, tudo muito bem esgalhado para fazer esticar o miserável número de dias de descanso. Tira daqui e põe ali e concilia com isto e com aquilo, esperando que por qualquer razão não se sobreponha com este ou com aquele e que tudo não volte para trás.
Há quem faça contagens decrescentes esperando ansiosamente pelos seus dias de dolce fare niente... Quase os sinto a olhar para o contador e quase os ouço a bater o pézinho com impaciência, esperando os tão preciosos dias. Está um sol de fazer inveja àqueles que continuam fechados entre as intermináveis e estanques paredes de um escritório, nesta selva de cimento e ar condicionado.
Aproveitem, miúdos! Façam-me esse favor, pois o calor convida à caipirinha fora de portas. E, apesar de estarmos em Abril, já começaram a aparecer os cartazes à porta dos cafés a dizer: "Há Caracóis". Sim, já os vi por aí.
Vão até à praia e sentem-se numa esplanada qualquer - esticando os pés sobre a cadeira da frente -, ponham os óculos escuros e contemplem o mar. E depois contem-nos... a nós, os invejosos e limitados a 22 dias (úteis, se possível, muito inúteis) de férias. Que a nós, resta-nos esperar pelo fim-de-semana em que o trânsito se arrasta para esses locais e em que estupidamente procuramos por um lugar vago numa dessas esplanadas...


1 comentário:

  1. sei de umas quantas esplanadas onde podemos beber caipirinhas. ;)

    ResponderEliminar